domingo, 1 de julho de 2012

[RESENHA] Não Leve a Vida Tão a Sério


Autor(a):  Hugh Prather
Editora: Sextante
Páginas:  160
Resenha Por:  Paty Scarcella
Sinopse:A vida não precisa ser tão complicada quanto insistimos em torná-la. A simples decisão de não se agarrar aos problemas pode melhorar - e muito - nossas vidas. É isso o que Hugh Prather nos mostra, com humor e clareza, neste livro. Ele escreve sobre as dificuldades do dia-a-dia e nos dá ferramentas para contorná-las, mudando o que há de mais importante na vida: nossa atitude mental e a forma de reagir aos inevitáveis contratempos. Seus ensinamentos são baseados em histórias reais que nos deixam com a sensação de já ter passado por aquela situação ou testemunhado algo parecido. Você aprenderá soluções práticas para dar um basta às preocupações e ao medo, e se libertar de tudo aquilo que impede sua felicidade”.

Assim que vi o livro no site da editora Sextante sabia que era feito pra mim (a Mica e a Rê concordaram que eu devia ler ele urgente rs) Afinal pra quem ainda não notou eu sou a rainha do drama e das preocupações rs  A capa me encantou (é tão fofinha *-*)  então não tive (muitas) duvidas na hora de escolher rs

O autor nos explica no livro varias formas de limpar a mente de pensamentos que apenas não fazem bem, como: A preocupação, a ansiedade, a raiva, a inveja e etc... Em uma forma divertida.  Mas o diferencial desse livro dos outros livros de auto-ajuda é que o autor te dá exercícios para praticar e conseguir (confesso que ainda não tentei nenhum , mas pretendo!) Além de sempre ter uma história verdadeira sobre os assuntos abordados.  (Eu adorava essas partes me sentia bisbilhotando a vida das pessoas rs)
Um dos exercícios (o de bloquear um pensamento ruim com algo feliz) eu confesso que já fazia antes, e foi bem legal saber que não sou tão louca assim rs

Eu gostei bastante do livro, ele faz você mergulhar em sí mesmo refletir e te faz pensar em como você tem dificultado sua própria paz de espírito sem nem notar. (Eu sei que vocês estão pensando “Ah que papo zen”, mas aprender a se acalmar e evitar desentendimentos desnecessários é algo legal) Eu li o livro soltando uns “Ah” ou “é mesmo” e os “Eu faço isso”  rsrs É um livro pequeno (apenas 160 páginas que eu li em um dia;) Achei uma leitura leve, com uma escrita fácil, divertida, e muito instrutiva.  Indico a todos os dramáticos como eu que se preocupam com coisas pequenas como o número de seguidores no Twitter  rs ;)

26 comentários:

  1. Eu preciso de um exemplar desse livro '-' kkkkkkk Sério, como você sou muito preocupada e realmente isso faz mal ><' Enfim! Comprarei em breve. Obrigada pela indicação =D

    Beijos
    @PollyanaCampos / @EntreLeP
    http://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que não precisei desse livro hahahaha. Na verdade, o fato de "não levar a vida tão a sério" faz parte da minha vida há um ano mais ou menos. Enfim, aprendi muita coisa, mas foi com as porradas da vida. De repente, se tivesse lido o livro antes não precisaria ter levado porrada rsrsrs.
    Mas, que você consiga colocar em prática o que leu. Pq realmente, a vida não deve ser levada tão a sério!
    Beijos
    @SerieWonderland
    http://seriesinwonderland.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, ele parece ser auto-ajuda e não curto muito esse tipo de leitura. Mas eu leria de bom grado :)
    Afinal, quem não precisa limpa a mente né?!
    Beijos
    Bruna
    Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Esse nao é um livro que me interessa de cara,
    talvez o leria se eu ganhasse de presente. Mas
    seria dificil eu comprar =P.
    A dica foi ótima, alias perfeita!

    Lucas
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Achei muito interessante esse livro, sempre quis lê-lo, mas sempre venho deixando ele um pouco de lado. Essa é a primeira resenha que eu leio e gostei muito, parece que esse livro foi feito para mim kk.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Nossa.... pra mim esse livro!! Hehe
    Eu tenho a mania de querer controlar tudo e ficar tão ansiosa pra ver se algo vai dar certo que não aproveito nada... e quando as pessoas acham que fiz algo bem feito sempre suspeito que elas estão me zoando...rsrs....viu quanta nóia?? Preciso colocar esse livro na minha estante pra não esquecer de ler!!

    Adorei a dica!!
    Beijusssss;
    http://hipercriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá Girls!
    Esse livro é exatamente o que estou precisando,hehe,me apego tanto a pequenos detalhes que a vida acaba virando uma confusão só.
    Parabéns pela resenha,curta e objetiva.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Em primeiro lugar, obrigada pela visita ao meu blog! Já estou seguindo aqui :)
    Gostei bastante da resenha. Eu não costumo ler muitos livros de não-ficção, mas me interessei por esse. Gostei da ideia de bloquear um pensamento negativo com outro feliz, estava precisando disso.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Seu blog é realmente muito bom,assunto interessante e muito bem escrito,parabéns.
    Uma ótima semana pra você !

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Confesso que ainda tenho muito preconceito em relação aos auto-ajudas, mas pretendo ler algum qualquer dia desses.
    Esse livro parece ser legal, nunca tinha ouvido falar dele antes. Haha

    Beijão, Meire.
    http://manialiteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. amei a resenha, esse livro parece ser ótimo,vou ver v eleio :)
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Seu blog é realmente muito bom,assunto interessante e muito bem escrito,parabéns.
    Uma ótima semana pra você !

    ResponderExcluir
  13. Oi Paty
    o título do livro serve como luva pra mim rs que levo tudo a sério. Depois da sua resenha vou correndo procurar na livraria, estou precisando de uma leitura reflexiva.
    bjos

    ResponderExcluir
  14. O título é bem legal e parece ser um livro interessante, mas não sou muito de ler auto-ajuda...

    Bjinho,
    Pri.

    ResponderExcluir
  15. Olá. Encontrei seu link no blog Paixão Literária e vim conferir. ;)

    Não sou muito chegada a livros de autoajuda, apesar de já ter lido muitos. O que achei interessante nesse foi o fato de ser divertido, de passar os ensinamentos através de histórias reais.

    Gostei do seu blog, viu? Já estou te seguindo.

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  16. Ah, esse livro é lindo!
    Simplesmente amei quando li, fiquei até com vontade de ler denovo depois da sua resenha!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. haha, esse livro me lembra "não faça tempestade em copo d'água", que minha mãe deu para minha irmã há alguns anos (e ela quase jogou na testa da minha mãe ;x). A capa é uma gracinha, mas não é meu tipo de leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. amei o livro, e a capa é muito fofa mesmo, a paty podia contar um dos exercicios pra gente.. ^^

    beijosss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi meninas!!
    Saudadess
    Esse livro é muito lindo, a capa dele é mesmo muito fofa...
    Adorei a resenha, e agente se sente até bem quando le esses livros as vezes, a paty bem que podia compartilhar algum exercicio dele conosco hehe

    beijoss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Particularmente, não curto livros autoajuda. Mas para quem gosta, acredito que este livro seja ótimo.
    Gostei da resenha.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  21. Embora já tenha curtido alguns (a saber: O segredo teen e 7 hábitos dos adolescentes altamente eficazes) autoajuda não é exatamente meu gênero haha

    ResponderExcluir
  22. Cara, necessito desse livro, hahah :p já entrou pra minha listinha de liveos que pretendo comprar.

    http://www.blogmundodamoda.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi meninas!
    A capa desse livro é uma gracinha, não o conhecia.
    Também sou um poço cheio de preocupações, sou toda ansiosa com as coisas, preciso ter certeza de que tudo tá certo... ai, vou parar antes que eu comece a ficar neurótica.
    Acho que esse seria um livro recomendado pra mim, apesar de não ser muito fã dos livros de auto-ajuda.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Eu nunca fui à maior fã dos livros de auto-ajuda, mas não descrimino todos, alguns valem realmente à pena serem lidos. Que bom que o livro te ajudou e vai continuar ajudando.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  25. Oi, confesso que não sou muito fã de livros de auto-ajuda, mas eu fiquei bastante curiosa para ler este, eu não o conhecia, mas fiquei bastante interessada porque ás vezes sou muito dramática e cheia de preocupações. Adorei a dica.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Que papo Zen bom da conta sô...rs., adorei a dica/resenha, espero poder lê-lo...
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir